21/09/2017

Onde encontrar vestido infantil para ocasiões especiais

Assim que você descobre que será mãe de menina, pensará que sua vida será envolvida entre flores e laços. Esqueça!


Primeiro que para o dia dia você fará uso do bom e velho conjunto, body/blusa e short.
Segundo porque vocês têm noção de como é difícil comprar roupa pra criança???

Não é tão simples como se pensa. Só quem já rodou shoppings da cidade inteira atrás de uma roupa mais arrumada pra um casamento,  festa de aniversário ou uma ocasião especial, sabe do que eu estou falando. Somos reféns de grandes lojas de departamento, com preços altos e poucas opções
Pensa que eu estou exagerando? Então vamos lá? Pensem em 10 nomes de lojas de roupas infantis. Eu não consigo contar 5.

Conheci a Ana Giovanna pelo Instagram quando eles mandaram um vestido lindo pra Sara e gostei bastante das opções. São roupas adequadas para ocasiões especiais e vestido de criança, com laços e babados, como antigamente. Amoooooo!!! Então se você precisa encontrar vestido infantil pra ocasiões especiais: A Ana Giovanna é o lugar!!!

Linha festa

Está procurando um vestido para um casamento, formatura, bodas ou outra ocasião especial? Conheça a linha festa aqui >>> festa <<<<.





Linha temática

Se está procurando vestidos de temas de aniversário, lá no site tem dezenas de modelos, um mais lindo que o outro. Acesse aqui >>> vestidos<<<




Se vocês tiverem sugestões de outras lojas de roupa infantil deixe nos comentários, as mamães aqui agradecem!!!

Ana Giovanna, amei ter conhecido vocês e obrigada pelo vestido :)
Pra comprarem basta acessar ao site www.anagiovanna.com.br


06/09/2017

Portobello Resort & Safári: o paraíso para crianças e adultos

No último mês fomos convidados para conhecer o Portobello Resort & Safari. Localizado em Mangaratiba, há mais ou menos 100km do Rio de Janeiro e 400Km de São Paulo, esse resort com sua inspiração polinésia transmite a sensação de aconchego e paz que um bom resort precisa ter. Sua localização é especial: dentro de uma fazenda com pastos, rios, mata atlântica e de frente para a Baía da Ilha Grande rodeado pelas montanhas da Serra do Mar. Um lugar tranquilo, com clima super familiar.


Sua estrutura conta com piscinas, muito verde, muita praia, restaurantes de excelente qualidade, uma área infantil sensacional e um atendimento maravilhoso. Todos os quartos são de frente para a praia. Ficamos no térreo no melhor estilo pés na areia. Nada se compara a dormir e acordar com o som das ondas do mar. Os quartos são grandes e confortáveis com até duas camas de casal. Os quartos podem ser conjugados também, o que significa que podem ser divididos por famílias maiores.


ATIVIDADES PARA AS CRIANÇAS

Como todo resort, a programação é bem variada para adultos e crianças, é claro que curtimos mais a parte infantil.
O Clubinho é incrível tanto no espaço quanto nas brincadeiras e na equipe de recreação. Apesar da Sara ter apenas 2 anos, foi bem incluída nas atividades que são desde caça ao tesouro ao filme no final do dia. O espaço é bem grande e favorável, atende inclusive em dias chuvosos de forma divertida com brinquedos, mesinhas, piscina de bolinha, etc. Do lado de fora, muito espaço também pra correr, brincar de bola, piscina separada da principal e até mesmo andar de charrete em um pequeno pônei.


Possui também uma área com totó, ping pong e sinuca que agrada todo mundo. Ou seja, pode deixar o tablet guardado e colocar as crianças pra gastar energia, pra repor as energias, sempre tem uma paradinha para o lanche por lá mesmo.


O clubinho atende crianças acima de 4 anos das 9h da manhã até as 22h da noite e crianças menores podem participar desde que sempre acompanhadas de um responsável. Isso não foi um problema pra gente.



Os pequenos também podem curtir bastante a região com uma das bicicletas disponíveis e andar pelo condomínio. É uma área protegida e segura com diversas mansões maravilhosas. O hotel está situado dentro de um condomínio fechado e seguro, mas acho que é um bom passeio para fazer entre pais e filhos. Foi a primeira vez que Sara e eu andamos de bicicleta juntas na cadeirinha e eu adorei a experiência. Aproveitamos e demos uma paradinha na fazendinha.



A fazendinha fica há alguns metros da entrada do hotel próximo a marina. Um espaço com coelhos, porquinho da índia, bodes, ovelhas, galinha, pato, vaquinhas, bezerro, jumento... vocês já podem imaginar né: é um dos lugares preferidos da garotada. Lá você pode alimentar alguns animais e eles amam, não importa a idade.
Mas o ponto alto do hotel para as crianças é o Safári!!!

O SAFÁRI

 

O Safári é uma atração que é paga a parte mas eu recomendo demais! É um passeio em um Land Rover até uma reserva que fica no mesmo condomínio do hotel. Essa reserva funciona como um Zoológico a céu aberto. É uma área de proteção ambiental que tem uma enorme importância. A aventura começa com um passeio em meio a araras, emas, catetos, tucanos, capivaras e macacos. As crianças podem se aproximar e interagir com os bichos e passear a pé no meio deles. Todos os animais tem registros e acompanhados pelo IBAMA e alguns deles foram cuidados após sofrerem algum tipo de violência seja pelo homem ou pela própria natureza. Vale ressaltar também, que na maioria das vezes os animais de zoológicos (abertos ou nesse modelo safári) são animas que nasceram em cativeiros, moram em cativeiros desde sempre, tem uma relação "próxima" ao homem e as vezes deixá-los em liberdade seria como condená-los a morte.



Depois o passeio é entre os animais selvagens, zebras, dromedários, avestruz, antílopes, cervos... apesar de não poder tocar, os animais se aproximam bastante como é o caso do Sadam, o camelo. Tudo é feito com carinho, segurança e sempre acompanhado do guia. Caso chova, eles oferecem capas de chuva mas ainda bem que não choveu e deu pra aproveitar bastante.


 

Existem outros passeios disponíveis a parte: como passeio a cavalo, piscinas naturais, mas confesso que não tivemos oportunidade de fazê-los devido ao curto período, teremos que deixar para uma próxima oportunidade.

GASTRONOMIA

O hotel possui dois restaurantes maravilhosos: Pérgula e Escuna. Para o jantar, é necessário agendar em qual dos dois você fará a refeição. Cada dia foi uma culinária. Italiana, frutos do mar e o delicioso churrasco. Mas existe também uma pizzaria e um restaurante japonês próximos a marina, há poucos metros do hotel.


GASTRONOMIA INFANTIL

Para as crianças existe o restaurante infantil. Ele abre um pouco antes para atender melhor as necessidades das crianças com o tradicional arroz, feijão, legumes, sopa, salada, batata fria, nuggets e outros.
Achei essa ideia do restaurante separado muito válida primeiro porque os horários deles algumas vezes são diferentes. Sara está acostumada a almoçar 11h na creche todos os dias, deixá-la esperando até 13h pode ser muito ruim pra ela. Segundo porque tem coisas que as crianças não comem, ainda não ofereço frutos do mar ou comida muito condimentada então nada melhor que o bom e velho arroz e feijão nesses casos.
Apesar de ter a opção do restaurante infantil. nada impede que você usufrua dos outros com seus filhos. Pode parecer besteira mas inicialmente eu me assustei: se existe um restaurante para crianças, o que eu faço com a minha quando eu for comer? Guardo onde? Se tiver mais de 4 anos, deixe no clubinho e tenha uma noite deliciosa e romântica, se tiver menos, como é o meu caso, leve junto e deixe brincar e experimentar novas comidas e texturas, você pode se surpreender com o paladar dos pequenos.
Horário do buffet infantil: ALMOÇO: 12h às 14h JANTAR: 18h às 20h

PARA BEBÊS

Para quem tem bebês, o resort oferece um cardápio de papinha. Cada dia tem uma opção que você pode escolher. Além disso tem também uma copinha maravilhosa com diversos utensílios muito úteis. Microondas, liquidificador, geladeira, cadeirão, água, frutas que podem ser usados. Apesar da copinha estar disponível 24h (o que é um alívio para aquele leitinho da madrugada), ela só é acessível para quem tem os cartões de acesso o que é muito bom.


O restaurante infantil também possui sopinhas para os pequenininhos.  As mamães que estão na fase da introdução alimentar podem ficar despreocupadas.



O Hotel é algo incrível mas como imagens falam mais do que mil palavras, fiquem com nossas recordações que ficarão para sempre.

Mais informações:
Endereço: Rod. Rio-Santos, S/n - Conceição de Jacareí
Mangaratiba - RJ, cep 23860-000
Telefone:(21) 2789-8000

31/08/2017

Alerta: fim do inverno é o período de maior incidência de catapora

Principais complicações nos casos severos ou tratados inadequadamente, são a encefalite, a pneumonia e infecções na pele e ouvido.2

A catapora, ou varicela, é uma doença imunoprevenível altamente contagiosa causada pelo vírus Varicela-Zóster, que acomete principalmente crianças. A transmissão pode ser pelo contato com o líquido da bolha formada na pele ou pela tosse, espirro e saliva ou por objetos contaminados pelo vírus.2

A varicela pode ocorrer durante o ano todo, porém observa-se um aumento do número de casos no período que se estende do fim do inverno até a primavera (agosto a novembro), sendo comum, neste período, a ocorrência de surtos em creches e escolas. O risco de transmissão de varicela existe em qualquer lugar do mundo, especialmente nas áreas urbanas com grandes aglomerados populacionais.1

Entre 2000 e 2013, o Brasil registrou 7.113 casos de catapora. O maior número de notificações da doença (2.097) foi na região nordeste, correspondendo a 29,4% dos casos. Em seguida, a região sudeste com 1.794 (25,2%) e a centro-oeste com 993 (13,9%). O ano de 2013 apresentou o maior registro de casos de catapora (857), contra 181 no ano 2000, que obteve o menor índice.3


Prevenção


Uma forma de evitar a catapora é com a vacinação contra a doença. A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomendam duas doses da vacina contra a varicela: a primeira aos 12 meses e a seguinte a partir dos 15 meses de idade, com um intervalo de 3 meses da primeira dose.4-5


Sintomas


Os sintomas da catapora, em geral, começam entre 10 e 21 dias após o contágio da doença. Além de manchas vermelhas e bolhas no corpo, a doença também causa mal-estar, cansaço, dor de cabeça, perda de apetite e febre baixa. As bolhas surgem inicialmente na face, no tronco ou no couro cabeludo, e se disseminam pelo corpo, se transformando em pequenas vesículas cheias de um líquido claro. Em poucos dias o líquido escurece e as bolhas começam a secar e cicatrizam. Este processo causa muita coceira, e as lesões na pele podem ser infectadas pelas bactérias das unhas ou de objetos utilizados para coçar.2


Evolução do quadro


O período de incubação é de 4 a 16 dias e a transmissão se dá entre 1 a 2 dias antes do aparecimento das lesões de pele e até cerca de 6 dias depois, quando todas as lesões normalmente se encontram na fase de crosta. Deve-se afastar a criança da creche ou escola por cerca de 7 dias, a partir do início do aparecimento das manchas vermelhas no corpo.2

Tratamento


No tratamento da catapora, em geral, são utilizados medicamentos específicos recomendados pelo médico para aliviar a dor de cabeça, baixar a febre e aliviar a coceira. Os cuidados de higiene são muito importantes e devem ser feitos apenas com água e sabão. Para diminuir a coceira, o ideal é fazer compressa de água fria. As vesículas não devem ser coçadas e as crostas não devem ser retiradas. 2

Mitos e verdades sobre a Catapora


A Dra. Evely Tanaka, Gerente Médica de Vacinas da GSK esclarece alguns mitos e verdades sobre a catapora:

 1)      Somente crianças podem contrair catapora
Mito: apesar de mais comum em crianças, qualquer pessoa pode contrair a doença ao longo da vida.6

2)      Quem teve catapora pode ter herpes zóster no futuro
Verdade: qualquer pessoa que teve catapora em algum momento da vida pode desenvolver herpes zóster. Uma vez adquirido o vírus, a pessoa fica imune à catapora. No entanto, esse vírus permanece em nosso corpo a vida toda e pode, ou não, ser reativado e causar o Herpes-Zoster, conhecido também como cobreiro.2

3)      Adultos não podem tomar a vacina
Mito: A vacina está indicada também para adultos que estejam susceptíveis e que não tenham contraindicações.6

4)      Pode-se contrair catapora mais de uma vez
Verdade: Geralmente quem teve catapora fica imune, porém, em casos raros uma pessoa que já teve a doença pode não ficar imune, especialmente os imunocomprometidos.7

5)      Todas as marcas de catapora na pele são permanentes
Mito: Geralmente as lesões evoluem para a cura mas algumas pequenas cicatrizes podem permanecer indefinidamente.6


6)      Coçar a pele favorece a infecção bacteriana secundária
Verdade: Coçar as lesões pode favorecer infecções secundárias, que são as principais causas de internação de pessoas com varicela. A complicação mais comum é a infecção da pele, em geral pela introdução de bactérias nos ferimentos através da coçadura.6


7)      Se a gestante já teve a doença, o bebê não precisa ser imunizado
Mito: a imunidade transferida para o feto pela mãe que já teve varicela, assegura, na maioria das vezes, proteção até 4 a 6 meses de vida extrauterina. 4-5-8

8)      A contaminação é feita pelo ar
Verdade: o contágio acontece por via respiratória, mas também através do contato com o líquido da bolha ou pela tosse, espirro e saliva ou por objetos contaminados pelo vírus.2

 9)      Crianças com catapora podem adquirir pneumonia
Verdade: as principais complicações da catapora, nos casos graves ou tratados inadequadamente, são a encefalite, a pneumonia e infecções na pele e ouvido.2

10)  Gestantes não podem tomar a vacina
Verdade: a vacina contra a varicela está contraindicada durante a gravidez.8,9

Sobre a GSK


Uma das indústrias farmacêuticas líderes no mundo, a GSK está empenhada em melhorar a qualidade de vida humana permitindo que as pessoas façam mais, sintam-se melhor e vivam mais. Para mais informações, visite www.gsk.com.br.

Referências:


1.       CENTRO DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE PARA VIAJANTES. Varicela. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2017.

2.       BRASIL. Blog da Saúde. Doenças da infância: catapora, 2015. Disponível em: . Acesso em: 16 mar. 2016.

3.       BRASIL. Ministério da Saúde. Situação epidemiológica – dados, 27 março 2014. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2016.

4.       SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Calendário de vacinação da SBP 2017. Disponível em: http://www.sbp.com.br/src/uploads/2017/06/19717g-DocCient-Calendario-Vacinacao-2017.pdf . Acesso em: 29 jun. 2017.

5.       SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de vacinação da criança: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – 2016/2017. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2016.

6.       CASTIÑEIRAS,TMPP. et al. Varicela. In: CENTRO DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE PARA VIAJANTES . Disponível em: . Acesso em 24 maio 2016.

7.       Centers for Disease Control and Prevention. Varicella - Centers for Disease Control and Prevention. Pinkbook 2012; 1: 1

8.       BRASIL. Ministério da Saúde. Guia de vigilância epidemiológica. 7. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2009. 816 p. Disponível em: . Acesso em: 21 jan. 2016.

9.       SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de vacinação SBIm gestante: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) - 2016/2017 (atualizado até 28/10/2016). Disponível em: . Acesso em: 11 nov. 2016.

16/08/2017

7 lugares para conhecer em Cabo Frio e as crianças irão curtir

Cabo frio é a maior cidade da Região dos Lagos no Rio de Janeiro. Uma cidade grande mas com charme praiano. Apresento pra vocês 7 lugares para conhecer em Cabo Frio e as crianças irão curtir.
Essa viagem me deixou bem nostálgica, lembrei das minhas férias em Araruama quando criança e os carnavais de rua em Cabo Frio e foi bem diferente voltar e enxergar a cidade de uma perspectiva diferente: Fora de temporada, 15 anos depois, com marido e filhos. Bora redescobrir Cabo Frio!!!


 

ONDE SE HOSPEDAR

Pra começar ficamos hospedados no Hotel Porto Veleiro .
O hotel fica distante do centro da cidade, mas atendeu muito bem ao que queríamos. Descanso e paz. Fica muito perto da ilha do japonês, íamos a pé e ficávamos apreciando os barcos, a vista, brincando de pescar e comandar navio. O tempo estava bom e deu pra curtir A piscina. No final da tarde, éramos acompanhados por um pôr do sol maravilhoso.
Os funcionários atenciosos e amigáveis atenderam muito bem as nossas necessidades.


 
Essa vista de arrasar

1 - Ilha do Japonês.

 Uma ilha no meio da cidade. Lugar muito bom pras crianças brincarem.  A areia é bem branquinha e cheia de conchinhas. A água é tão cristalina que, mesmo na beirada do mar, é possível ver vários peixinhos nadando. Mas ela também é bem gelada. Lotada nos finais de semana e feriados mas um recanto de paz em dias da semana.
Por terra, o acesso é feito pelo bairro Ogiva, por meio da Avenida dos Pescadores e da Rua dos Espardates. Neste caminho, o visitante chega pelo lado, onde estão instalados vários quiosques. Caso fique hospedado no Hotel Porto Veleiro, são 10 minutinhos de caminhada.
A minha foto não favoreceu muito a ilha então busquei essa no google pra vocês terem uma noção. No final desta estradinha está o hotel.

2 - Praia do Forte

São mais de 7km de praia de areias brancas muito finas e mar gelado mas maravilhoso em um dia quente de verão.
Sara amou brincar na areia, subir e descer dunas e fez até anjinho no chão. Curtimos tanto a praia que esqueci de tirar fotos. talvez porque existem momentos pra serem guardados só na memória mesmo.

3 - Boulevard Canal

A noite o agito é no Canal, uma rua cheia de barzinhos, restaurantes e boate, lembro que no carnaval o canal bombava e parece que as coisas só melhoraram desde então.
É do canal também que sai diversos passeios de barco pela região incluindo passeios em praias de búzios, arraial do cabo, e pra quem gosta, dá até pra visitar praias de nudismo.

4 - Rua dos biquínis

Na rua dos biquínis você vai encontrar o quê?
Não, não é o nome de um point, de barzinho, de restaurante... na rua dos biquínis você vai encontrar biquínis mesmo. Excelentes biquínis por sinal, considerado pelo Guiness Book o maior shopping de moda praia a céu aberto do Brasil, mas é só isso.
Engraçado porque eu lembrava que lá tinha muitas lojas, mas eu pensei... ah faz tantos anos que não venho aqui que pode ser que tenha virado um point, uma área revitalizada com opções bacanas. Mas não, na rua dos biquínis continua tendo apenas, lojas de biquínis. Talvez as crianças não curtam muito essa parte mas é bom a mamãe dar uma passada lá  :D

5 - Forte São Matheus

No início da praia do forte, existe um dos maiores ícones e lembrança histórica da cidade, o Forte são Matheus (daí o nome, praia do forte :D ). A fortaleza foi construída no século 17, entre 1616 e 1620, por portugueses e índios tamoios para defender a terra das invasões dos franceses, ingleses e holandeses. De lá, observa-se toda a beleza da praia que o cerca e dá para ver, também, a cidade de Arraial do Cabo. É aberto ao público e a entrada é gratuita.

6 - Praça da Cidadania e das Águas

As praças ficam em frente a praia do forte.
A praça da cidadania tem um espaço bem grande com direto a pistas de skates e quiosques com música ao vivo em frente a praia. Senti falta de um parquinho para as crianças daqueles tradicionais mesmo, com balanço e escorrega, mas não deixa de ser um passeio legal no fim de tarde ou noite. Lá costuma ter feirinha de artesanato daquelas que todo turista ama, mas não sei porquê no dia que fomos não tinha.

Existe também a praça das águas.destaque da praça é o lago artificial, que atrai pessoas e pássaros. O lago conta um tanque com vários peixes e um chafariz de dois metros de altura. À noite, a praça é toda iluminada com lâmpadas de LED coloridas, causando um efeito maravilhoso nas águas do lago. Maaaaaaaaas parece que o lago está desativado então nem nos animamos pra conhecer.

8 - Praia do Peró e Conchas

Há 7 km do Centro de Cabo Frio, a Praia do Peró tem sete km de extensão e é separada da Praia das Conchas por um pequeno canal. Suas águas são límpidas e a temperatura em torno dos 22 graus centígrados, própria para a prática do surfe e dunas lindas. A Praia das Conchas tem esse nome por sua extensão de 600 metros possuir o formato de uma concha. É ideal para a pesca mas também é bom para crianças devido as piscinas naturais que acabam se formando por suas águas calmas. A Praia das Conchas é mais frequentada por moradores da região do que por turistas. Possui quiosques e restaurante na orla, é daqueles lugares que você chega cedo e fica o dia todo ♥



O bom de Cabo Frio também é que ele está em uma posição estratégica na Regiao dos lagos. Fica há apenas 13km de arraial do cabo e 23km de búzios, outros lugares maravilhosos pra vocês conhecerem, mas aí já é papo pra outro post!!!

Agradeço ao Hotel Porto Veleiro pelo convite, hospitalidade e oportunidade de redescobrir essa cidade incrível.


portoveleiro@portoveleiro.com.br
Av. dos Espadartes, 129, Ogiva
Cabo Frio - RJ
+55 (22) 2647-3081
+55 (22) 99893-8600

 

Com carinho,
Brena Costa
em busca do lugar perfeito para morar

A Belíssima vista do nosso quarto
Criando lembranças

A pose de Sara Sardinha

Vista incrível



Curtindo piscina



Brincando de pescar
Café da Manhã

 
Uma menina © | Desenvolvido por Ninamore | Todos os direitos reservados | Ir para o topo!