24/04/2018

7 coisas de graça que deixam seu filho feliz e você nem percebe

É muito comum a gente se desgastar, trabalhar muito para oferecer coisas para nossos filhos. O melhor estudo, os melhores brinquedos, as melhores atividades extra-curriculares.
Termos o sentimento de que nunca é o suficiente e estamos o tempo inteiro nos sentindo pressionados pela sociedade e principalmente por nós mesmos.

Mas o que exatamente estamos dando a eles? O melhor de que? O melhor pra quem?




Depois de alguns estudos e reflexões listei 7 coisas simples e de graça que deixam uma criança feliz e muitas vezes esquecemos:

1 – Muitos abraços

Abraçar reforça emoções positivas, aumentam a autoestima, demonstram carinho, afeto e cuidado. Abraçar é de graça, não gasta e você pode fazer muitas e muitas vezes.
Abraçar não dói, não machuca. É bom pra quem recebe e muito melhor pra quem dá.

2 – Ser ouvida

Ouvir reforça a autoestima, a segurança. Demonstra carinho, cuidado e respeito pelas emoções e pela vida do seu filho. Isso mesmo, ouvir. Simplesmente parar para ouvir. Desde histórias inventadas a perguntas simples de qual foi a melhor parte do seu dia, qual exercício mais difícil na escola. Ouvir é algo simples mas que carrega um valor inestimável e único para seu filho. No mundo corrido que vivemos, ouvir seu filho pode ser a maior demonstração de afeto que você pode fazer e também é de graça!

3 – Se sujar

Se sujar reforça o sistema imunológico. Crianças superprotegidas são mais propensas a doenças e alergias. Criança suja é criança feliz. A infância acaba quando você se importa mais em se sujar do que em se divertir. Se sujar faz bem! Na lama, na tinta, na terra… aprender sobre texturas, cores e sensações faz bem pro seu filho e pra você também. Se sujar também pode ser de graça, legal né!

4 – Brincar ao ar livre

Brincar melhora sua concentração, memória e o processo de aprendizagem. Brincar ao ar livre permite que a criança aumente a coordenação motora, permite que elas desenvolvam capacidades lógicas e se socializem. Brincar com brinquedos ou com a imaginação. Brincar pode não ter preço mas tem um valor único!

5 – Acordá-lo com beijos

Acordar seu filho com beijos e carinho fará com que se sinta amado e contribuirá para que ele tenha um bom dia. Começar o dia com demonstrações de afeto fará com que ele se sinta mais seguro e confiante para enfrentar a rotina. Afinal de contas, você prefere ser acordado com alguém te beijando e dizendo o quanto te ama e desejando um dia incrível ou alguém gritando em seu ouvido, causando um stress antes mesmo do dia começar?
E adivinhe só: não custa nadinha. Não precisa economizar no beijinho não.

6 – Mover-se o tempo todo

Seu filho não para quieto um segundo? Que ótimo! Ele é uma criança ativa, que gasta energia e se mantém em forma. Você já parou pra refletir que a infância é o momento mais importante da vida dele? Que ela tem um grande impacto na sua vida no futuro? E quanto mais você estimula para que ele gaste energia, mais ele estará propenso a fazer atividades físicas e ter uma vida mais saudável no futuro? Então deixa ele correr, brincar, pular, subir, descer… estimule atividades que faça com que ele gaste energia. É bom, pra ele, é bom pra você e é … grátis!!!!!!

7 – Participar da rotina

Fazer com que as crianças participem e contribuam com as atividades da casa faz com que elas se sintam importantes, úteis, melhora sua concentração, seu senso de responsabilidade, colabora no processo de aprendizagem, reduz o nível de ansiedade e stress e traz a sensação de pertencimento.
Integrar seu filho na rotina da casa não é obrigar a fazê-lo. É fazer do lado, fazer junto, pedir ajuda. Não importa a idade. Ajuda arrumando a mesa do jantar, guardando a roupa no armário, fazendo o bolo da tarde. Crianças gostam de colaborar e mais ainda quando a agradecem por cada pequeno esforço. E acredite em mim, também não tem custo nenhum.

São 7 coisas simples, sem custo que gerarão um resultado incrível para seu filho: felicidade!

Experimente agora mesmo e me conte depois!!!

02/04/2018

7 Coisas que todo mundo precisa saber sobre o autismo

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo, ou simplesmente Dia Mundial do Autismo, é comemorado dia 2 de Abril. A data serve para ajudar a conscientizar a população mundial sobre o Autismo, um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.



O Dia Mundial de Conscientização do Autismo foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 18 de Dezembro de 2007, com o intuito de alertar as sociedades e governantes, ajudando a derrubar preconceitos e esclarecer a todos.

O Autismo pertence a um grupo de doenças do desenvolvimento cerebral, conhecido por "Transtornos de Espectro Autista" - TEA.

Os sintomas do autismo são: fobias, agressividade, dificuldades de aprendizagem, dificuldades de relacionamento, por exemplo. No entanto, vale ressaltar que o autismo é único para cada pessoa. Existem vários níveis diferentes de autismo, até mesmo pessoas que apresentam o transtorno, mas sem nenhum tipo de atraso mental.

7 Coisas importantes que você precisa saber sobre autismo


1) Autismo é só um aspecto do caráter, mas não define ninguém como pessoa.

2) A percepção sensorial do autista é desordenada. Isso significa que sentidos como audição, olfato, paladar, toque, sensações que passam desapercebidas no seu dia a dia podem ser muito doloridas para alguns. Muitas pessoas podem estar falando ao mesmo tempo, música, anúncios, barulho da caixa registradora, celulares tocando, crianças chorando, pessoas tossindo, luzes fluorescentes. O cérebro nem sempre é capaz de assimilar todas estas informações.

3) Existe diferença entre não poder (eu não quero fazer) e eu não posso (eu não consigo fazer). Expressar e entender a linguagem e vocabulário pode ser muito difícil. Por isso é importante ser claro, objetivo e específico.
Autistas podem ter dificuldades em entender abstrações ou frases de duplo sentido. Frases como "não enche o saco", não faz sentido quando o que você quer dizer é "não me aborreça". Gírias, piadas, duplas intenções, paráfrases, indiretas, sarcasmo dificultam a comunicação.

4) É difícil descrever sentimentos em qualquer momento da vida, mais ainda para autistas. Portanto preste atenção na linguagem corporal (retração, agitação ou outros sinais de que algo está errado). São pessoas que aprendem mais visualmente do que com a linguagem portanto ao invés de dizer o que fazer, mostre o que e como fazer. Esquemas visuais facilitam o aprendizado.

5)  Interações sociais podem ser difíceis, pode parecer que não querem brincar com  outras crianças no parque, quando na verdade não sabem como começar uma conversa ou entrar na brincadeira. Pode ser que fiquem muito felizes se forem incluídos ou podem  ficar nervosos e não saber lidar com determinadas situações. Crianças autistas tem mais facilidades com brincadeiras que tenham atividades com estrutura começo-meio-fim. Possuem dificuldades em "LER" expressões faciais, linguagem corporal ou emoções de outras pessoas.Isso significa que, se rirem caso alguém se machuque não é porque acha engraçado e sim porque não sabem como agir socialmente.
Exemplo: Se uma criança autista ri quando o outro se machuca, não é porque não se importa e sim porque não sabe se comunicar.

6) Tente encontrar o que provoca a perda de controle.  "chilique", birra, malcriação, escândalo, como você quiser chamar, eles são tão horríveis para a pessoa do que para você. E acontecem porque um ou mais dos sentidos foram estimulado ao extremo.Se você conseguir descobrir o que causa a perda de controle, isso poderá ser prevenido - ou até evitado. Mantenha um diário de horas, lugares pessoas e atividades. Você encontrar uma sequência pode parecer difícil no começo, mas, com certeza, vai conseguir. Tente lembrar que todo comportamento é uma forma de comunicação.

7) Como todo ser humano, autistas possuem muito potencial. São capazes de muitas coisas e possuem muitas habilidades que devem ser incentivadas para que se sintam úteis como qualquer ser humano. Ame sem nenhuma condição e elimine pensamentos como "Se ele pelo menos pudesse…" ou "Porque ele não pode…" Você não conseguiu atender a todas as expectativas que os seus pais tinham para você e você não gostaria de ser sempre lembrado disso. 
Ninguém escolhe ser autista. Sem ajuda a chance de alcançar uma vida adulta digna será pequena. Com suporte e guia, a possibilidade é maior do que você pensa.
Paciência nos momentos difíceis.  Autistas podem não ser bons no contato olho no olho e conversas, mas mas não mentem, roubam, fofocam ... Podem não ser um Neymar no futebol, mas poderão ser os próximos Einstein, Mozart ou Van Gogh. Eles também tinham autismo.


SAIBA, APRENDA, COMPREENDA

Para saber mais, separamos 5  TEDs incríveis que falam sobre o tema e mudarão sua maneira de pensar não só sobre o autismo, mas também sobre a vida! Vale a pena conferir! (Não esqueça de colocar a legenda em português)


 












Comentem e compartilhem, o autismo é parte DESTE mundo e não um mundo a parte!


Referências:
autismo.com.br e psico.online

Saiba mais sobre mães de filhos autistas em 
  

14/03/2018

Atividades divertidas para aproveitar o tempo com as crianças

Em um mundo onde estamos rodeados de tecnologia, muitas vezes como pais nos limitamos e temos dificuldades em proporcionar atividades diferentes para os nossos filhos.
Ora, se é difícil descobrirmos como adultos o que nos faz feliz, hobbies e atividades que nos dá prazer será ainda mais complicado proporcionar isso a nossas crianças. 
 
 
Ser pais é estar constantemente refletindo e questionando nossas atitudes e hábitos, se não apenas repetimos padrões de comportamento e avançamos com a maré.

O que quero dizer com isso? Se seu momento de lazer e prazer é navegar nas redes sociais, seus filhos imitarão e fará a mesma coisa.
Se o que você gosta é de maratonar Netflix, provavelmente seus filhos gostarão de assistir TV também.

As crianças não seguirão seus conselhos, seguirão seus exemplos. E quais exemplos  você quer que eles sigam e que tipo de experiências tenham?

Pensando nisso elaboramos uma lista com mais de 60 atividades bem bacanas, para que vocês curtam um tempo bem legal em família.
Não se preocupe com quantidade, mas foque na qualidade do tempo que você passa com seus filhos, são essas as lembranças que levarão para sempre!
Você provavelmente não lembra de todos os brinquedos que teve na infância, mas certamente lembra daquela viagem especial em família, dos dias em que andava descalço pela rua brincando de pique, trocando papel de carta, jogando queimado... permita que seu filho tenha ótimas lembranças da infância também além das telas dos eletrônicos. 

Escolha as suas preferidas e caso fotografe e publique nas redes sociais e use a tag #tempocalesita para curtirmos!!! ♥ ♥ ♥

1. Cozinhem juntos - Bolo
2. Deixe-o ajudar a fazer o almoço
3. Gravem um videoclipe de música
4. Assistam a um filme em família
5. Brinquem de fazer comercial de produtos
6. Faça show de mágicas
7. Faça um desfile de moda com as roupas dos pais
8. Ler um livro novo
9. Andem de bicicleta
10. Pulem elástico
11. Pulem corda
12. Faça um experimento científico (o google tem várias sugestões para fazer com crianças)
13. Façam um scrapbook
14. Pintem um quadro e coloque na decoração da casa
15. Desenhem
16. Acampem no quintal
17. Faça tinta caseira
18. Façam um picnic
19. Vão ao boliche
20. Visitem museus
21. Vá ao cinema
22. Chame os amigos para uma sessão de cinema em casa
23. Joguem jogos de tabuleiros em família
24. Brinquem de mímica
25. Arrumem juntos o armário e separem roupas para doação
26. Separem brinquedos para doação
27. Visitem um orfanato
28. Cozinhem juntos – Biscoitos
29. Faça bijuteria de macarrão
30. Visitem uma biblioteca
31. Escreva uma história
32. Desenhem uma história em quadrinhos
33. Leiam gibis
34. Empinem pipa
35. Faça uma festa do pijama com filmes e pipoca
36. Faça massinha caseira
37. Plante uma árvore
38. Faça um boliche em casa com garrafas
40. Faça bolhas de sabão
41. Chame os amigos para uma festinha a tarde
42. Vá a praia
43. Lave o carro com os pais
44. plante feijões
45. Faça um teatro de fantoches
46. Faça uma árvore da família
47. Brinquem de caça ao tesouro
48. Faça máscaras de papel
49. Faça um cartão para alguém especial
50. Brinquem com tinta
51. Façam um show musical
52. Brinquem de bola
53. Brinquem com balões de água
54. Façam origami
55. Façam sacolés
56. Brinquem de pique esconde
57. Faça uma cápsula do tempo
58. Façam um passeio e deixe as crianças fotografarem suas coisas preferidas
59. Ensaiem uma coreografia juntos
60. Explore o mundo com Google Maps
61. Façam uma cidade com caixinhas de diferentes tamanhos
62. Soltem a imaginação com massinha. Criem cidades, fazendas, animais...


07/03/2018

Coisas que toda grávida deveria saber mas ninguém diz

Assim que você descobrir que está grávida, terão dezenas de conselhos, dicas, palpites que você não pediu mas virão com certeza. São sugestões de acordo com a vida e experiências de cada um. 
No entanto, existe uma parte que ninguém te conta. 
Perguntei no nosso grupo de mães (bit.ly/esocomigo) o que você diria a uma grávida ou recém mãe que ninguém te disse, e aqui estão algumas respostas maravilhosas.

Se você acha que as dificuldades com amamentação, a solidão, a falta de tempo, a falta de apoio e ajuda é só com você, junte-se a nós e participe do nosso grupo!!! >> bit.ly/esocomigo <<



SOBRE AMAMENTAÇÃO


"Amamentar é decisão! Vai doer, machucar, peça ajuda e não desista!"
Lígia Mezzacapa

"Se prepare pra amamentação! Não é fácil no início! Mas a gente consegue!!!"
Aline Ody

"Ao menor sinal de dor na amamentação procure ajuda .. Não espere . Pra não sofrer a dor física e principalmente a dor psicológica que passei por não conseguir amamentar meu filho "
Raysa Carvalho

SOBRE PUERPÉRIO 


"Não pense em enxoval, pense em puerpério!"
Carol Mayer

"Todos te mandam dormir e aproveitar o banho pq vc não terá isso depois. É verdade, mas essa é a parte mais fácil de se acostumar. Em menos de 15 dias vc já aprende que pode viver com poucas horas de sono e tomar banho mais rápido. O que a gente precisa aprender é a lidar com o SENTIMENTO DE IMPOTÊNCIA. Todo santo dia vai ter um momento em que vc não vai saber o que fazer, vai se sentir uma m**** de mãe, vai chorar... a má notícia é que esses momentos são bem frequentes no começo. A boa notícia é que eles vão ficando mais raros. Porém, demora pra passar! Se é que passa. Por aqui tenho um bebê de 6 meses e de vez em quando esse sentimento ainda bate. Não é mais todo dia. Nem é tão intenso. Mas o sentimento dá as caras de vez em quando."
Juliana Guedes

"Se prepare pro puerpério!"
Renata Monteiro

"O enxoval é uma palhaçada do consumismo, não se preocupe com isso. Prepare-se  (Se é que isso é possível) para lidar com o medo e a impotência."
Mari Dalmachii

SOBRE SI MESMA


"Você irá sentir falta do Eu que era antes de ser mãe. Terá dias que isso fará muiiita falta e outros não. Amamentação, pega correta, sinais do sono e puerpério."
Karla Ramos

"Viva a sua maternidade. Esqueça como foi com sua mãe, com suas amigas, com suas vizinhas; essa história é sua e do seu bebê. Se preocupe com os problemas quando acontecerem, curta o momento e não se apavore; nem tudo que deu errado com a outra vai dar errado com você, e nem tudo que deu certo vai dar certo pra você também. A maternidade fica muito mais difícil quando você se preocupa com coisas que nem sabe se vão mesmo acontecer. Aproveite ao máximo, porque passa muito rápido e apesar de tudo, vai dar saudade depois. Palavra de quem morre de saudades."
Keylla Martins

"Confie na SUA intuição. Quem sabe o que é o melhor para o seu filho ou filha é VOCÊ!"
Luanda Mendes

"Se prepare para amamentar e em hipótese alguma deixe alguém desempoderar você como mãe. Insegurança existe, mas seu bebê foi gerado por você, então siga seus instintos."
Iraniana Rodrigues

SOBRE PEDIR AJUDA


"As coisas não vão sair como você espera e está td bem! Confie em vc e no bebê q vocês descobrirão o caminho juntos. E quando tiver com dificuldades não tenha vergonha de pedir ajuda. Você é um ser humano e não precisa ser uma mãe/esposa perfeita pra ser válida. Mantenha a mente e o coração abertos, aprenda a estar sempre curiosa e a se perdoar!"

Fernanda Femv

"Não julgue nenhuma mãe! O mesmo pode acontecer com você! (Por mais que você não ache que vá acontecer, acontece). E deixe ser ajudado, sogra, mãe, pai, tio, avô... Não recuse ajuda. Esse acaba sendo nosso momento de "descanso"
Luana Santos

SOBRE O TEMPO


"Tudo passa. Todas as noites mal dormidas, o cansaço, as dores nas costas, seios, braços, alma, coração. Tudo passa."
Jo Rodrigues


"Tire um tempo pra vc... Nem que seja 30 min por dia. Tire um tempo pra vc ! Esse é o melhor conselho."
Nathalia Chagas


"Nos primeiros 15 dias parece que a vida vai se resumir em tete, choro e desespero, mas passa, somos mais fortes que pensamos."
Tamiris Teixeira


"Vc pode, vc é capaz. E curta muito esses primeiros dias eles passam rápido demais"
Thamires Melo

07/02/2018

Você definitivamente deveria assistir Game Shows Japoneses com seus filhos


Eu não sei como é a rotina de programas de TV na sua casa, mas não acredito que seja muito diferente da minha. Você tem as suas séries e programas preferido, seu marido os dele, e seus filhos seus próprios programas e são eles que monopolizam a maior parte do tempo na TV ou Youtube, eu diria que 80% do tempo, acertei?


Pois é, atualmente é difícil encontrar algo que envolva toda a família. Quando um está assistindo TV o outro está no celular, no Facebook, ou envolvido com outras coisas. Mas é importante que você encontre algo que envolva todo mundo de forma divertida. Minha sugestão: Game shows japoneses!

Quem não se lembra do programa passa ou repassa, com sua torta na cara, ou o programa supermarket onde três equipes respondiam perguntas dentro de um supermercado, ou os games do programa Silvio Santos e a antiga Ponte do rio que cai? A galera que assiste Minecraft nunca entenderá o que é assistir e brincar com o Hugo. * Nostalgia *

Se você é dessa época experimente pesquisar no Youtube sobre Japanese Game Shows. Eu assisti por um acaso com o Marcus e a Sara e gente, eu morriiiiiiii de rir, mas eu ri muuuuito, muito muito, de chorar.
Esses jogos japoneses, mesmo, que você não entenda uma palavra, podem ser muito divertidos. São vídeos bem curtinhos e tranquilos de assistir. Alguns são bem bizarros ( fuja deles ) mas tem outros muito divertidos. Eu gostei muito do tetris humano, tinha um que os participantes precisavam ficar sobre uma torre enquanto escolhiam opções e vencia o último a ficar de pé. É muito divertido. Um dos vídeos mais populares é o da escada escorregadia, em pouco tempo você já estará torcendo por uma cor. Incentive seus filhos a fazerem o mesmo. Vibre com eles. Analise as estratégias adotadas pelos participantes. Coloque prendas para quem perder, cair ou escorregar, como 10 polichinelos, 5 flexões e o mais importante: divirta-se em família mas NÃO TENTEM ISSO EM CASA :D

 
Uma menina © | Desenvolvido por Ninamore | Todos os direitos reservados | Ir para o topo!